Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Cidacs irá assessorar departamento de inteligência e saúde da Opas

Expertise em 4 de junho de 2018
O pesquisador Mauricio Barreto acumula uma carreira de grande prestígio científico: ele é membro titular das academias baiana e brasileira de ciências, da The World Academy of Science (TWAS) e pesquisador 1-A do CNPq;

O coordenador do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia), Mauricio Barreto, foi convidado a compor o Grupo Técnico Assessor sobre Evidência e Inteligência para a Ação na Saúde da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS).

O grupo visa subsidiar a estruturação do Departamento de Evidência e Inteligência para Ação na Saúde (EIH, em inglês), um novo setor da instituição destinado a conduzi-la “à era moderna das informações para a saúde”.

De acordo com termo de referência do grupo, os membros convidados devem ter uma reputação reconhecida, com um trabalho científico sólido com evidências em saúde e inteligência. Além de ter comprovadamente habilidades técnicas relacionadas a análise de saúde e ciências de dados. O mandato dos membros é de um ano, renovável por mais um.

“Sua vasta experiência e seus conhecimentos especializados em ciência e análise de dados serão um grande recurso para as nossas deliberações a respeito das forças e fatores propulsores, os quais devem ser considerados conforme nos tornamos uma organização que baseia seu trabalho em dados e análises”, declarou no convite a diretora da OPAS, Carissa Etienne.

Sobre o pesquisador

Médico epidemiologista, Mauricio Barreto é coordenador do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs), pesquisador sênior do Instituto Gonçalo Moniz (IGM/Fiocruz) e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (ISC/UFBA). Barreto acumula uma carreira de grande prestígio científico: ele é membro titular das academias baiana e brasileira de ciências, da The World Academy of Science (TWAS) e pesquisador 1-A do CNPq; publicou mais de 400 trabalhos em revistas científicas, além de 40 monografias e capítulos de livros; orientou 18 dissertações de mestrado e 25 teses de doutorado; foi Conselheiro para América Latina da Associação Internacional de Epidemiologia (2002-2008) e participou de diversos comitês assessores na Organização Mundial da Saúde. Em maio de 2017, sua carreira foi reconhecida pela Assembleia Legislativa da Bahia com a Comenda 2 de Julho, a mais alta condecoração da casa.

Pesquisador(es): Mauricio Lima Barreto.

NewsletterNovidades Cidacs