Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Coorte de 100 Milhões será tema do Café Científico

em 23 de outubro de 2018

A Coorte de 100 Milhões de Brasileiros é a principal frente de trabalho científico do Centro de Integração e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia). A plataforma de pesquisa contém 20 projetos diferentes com o objetivo de avaliar o impacto de políticas sociais na saúde das populações a partir de abordagens inovadoras da ciência de dados integrada à epidemiologia.

E é sobre esta grande frente que tratará o idealizador da plataforma que origina o Cidacs, Mauricio Barreto. Na próxima terça-feira, 30 de outubro, o médico e epidemiologista irá falar dos aspectos históricos e quais os próximos passos, estratégias e medidas a serem incorporadas para a evolução das pesquisas. O evento acontece às 16h, no auditório do Tecnocentro.

A plataforma

A Coorte traz como proposta principal o uso de grandes bases de dados administrativos, observados ao longo do tempo, ao que se chama de estudo longitudinal. Ou seja, usando informações personalizadas é possível observar grupos de indivíduos e os desfechos de saúde que ele desenvolveu ao longo de 10 a 30 anos.

Para isso, o Cidacs desenvolveu um ambiente computacional para tratar, harmonizar e vincular bases de dados com grandes quantidades, variedades e heterogeneidades de informação. Na Coorte estão dados dos 114 milhões de brasileiros inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e é a partir dessa grande base que são produzidas informações para a saúde pública.

Até julho, quando 83 pessoas estavam vinculadas ao Cidacs por meio de diversas formas de parcerias e atuações, metade participava de projetos da Coorte de 100 Milhões. Nutricionistas, psicólogos, estatísticos e outros profissionais de diferentes campos se integram nessa plataforma na elaboração de pesquisas científicas.

NewsletterNovidades Cidacs