Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

4º Science Slam do Cidacs aposta no formato de pitch para divulgação científica

Escrito por Mariana Sebastião  em 12 de dezembro de 2022
Formato Pitch foi o escolhido para as apresentações da 4ª edição do Science Slam no Cidacs. Foto: Clarissa Viana.

Três minutos para convencer o júri técnico sobre a importância de um trabalho científico. A quarta edição do Science Slam, Festival de Divulgação Científica do Cidacs/Fiocruz, desafiou os pesquisadores e nucleados do Centro a fazer uma apresentação em formato pitch. A iniciativa fez parte das comemorações dos 6 anos do Cidacs e teve o intuito de estimular a comunicação das pesquisas e processos de forma criativa.

Na programação, que ocorreu no dia 07 de dezembro de 2022, mais de 20 integrantes da instituição se esforçaram nas habilidades de comunicação para tentar convencer os avaliadores. As propostas iam desde persuadir para conseguir um investimento fictício para a pesquisa realizada até propor uma mudança inovadora de atividades dentro dos núcleos de trabalho.

“Desde que começamos o Science Slam, substituímos as apresentações anuais dos trabalhos dos pesquisadores por um evento criativo, mais alinhado com a missão do Cidacs, que é disseminar as pesquisas para apoiar a tomada de decisão em benefício da sociedade”, explica Raiza Tourinho, líder do Núcleo de Comunicação e Disseminação do Cidacs (NCD), responsável pela organização do Festival.

A quarta edição do Science Slam teve duas modalidades de premiação: Categoria Pesquisa, para estudantes de doutorado e pós-doutorado vinculados ao Centro, e Categoria Integrante de Núcleos, para os vinculados aos núcleos operacionais do Cidacs. As duas modalidades foram avaliadas por um júri técnico formado por quatro profissionais, que determinaram a premiação de 1º, 2º e 3º lugar de cada categoria. Veja quem se classificou em cada categoria:

 

Categoria Pesquisa

1º Lugar – Como a qualidade dos serviços de Atenção Primária à Saúde reduz a mortalidade de crianças do Brasil? – Elzo Pereira Pinto Junior

2º Lugar – Plataforma Exú de Engajamento Público da Ciência – Denise Pimenta

3º Lugar – Top 5: o que você precisa saber antes de trabalhar com desfechos do nascimento utilizando grandes bases de dados no Brasil – Aline Rocha e Ila Falcão

 

Categoria Integrante de Núcleo

1º Lugar – Gestão de Documentos: arquivologia e curadoria alicerçando a pesquisa – Luis Conrado de Farias Neto (Núcleo Curadoria Cidacs)

2º Lugar – O segredo por trás de um emaranhado de dados – Tatiane Ximenes e Sarah Sena (Núcleo de Produção de Dados Cidacs)

3º Lugar – Estudos Federados – Priscilla Normando (Núcleo Curadoria Cidacs)

 

“Pelo menos no espaço da gestão municipal, às vezes você faz um estudo gigantesco, mas na hora que você se senta na mesa do secretário, a pessoa não está prestando atenção em você, está fazendo outras coisas, e você tem 30 segundos para prender a atenção, falar em custos e conseguir financiamento.  Então quero parabenizar pelo esforço de terem feito as apresentações em três minutos. Essas habilidades de comunicação são muito importantes”, defendeu Diego Bonfim, um dos avaliadores, médico de família e comunidade na Secretaria de Saúde de Salvador e Professor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

O júri técnico também foi formado por David Lopes, divulgador científico e doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências da Universidade Federal da Bahia (Ufba); Clícia Pitangueira, Enfermeira, especialista em saúde pública, apoiadora institucional na Escola de Saúde Pública da Bahia Dr. Jorge Novis; e Evaldo Almeida, Enfermeiro no Hospital Geral do Estado (HGE), atuante em pesquisas sobre Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente e Violência.

“Gratidão por esse dia e parabéns para todos!”, foram as palavras de Eduarda Anjos, uma das apresentadoras do Festival. De acordo com Eduarda, o dia foi uma oportunidade de mostrar os vários trabalhos e o esforço mútuo das pessoas que integram o Centro: “Nós construímos diariamente esse centro de pesquisa que tem tanto reconhecimento, que é tão potente. Queria agradecer o esforço de todo mundo que se apresentou hoje”, concluiu.

É possível assistir às apresentações do 4º Science Slam no Canal do Youtube do Cidacs. Clique aqui para ver.

Galeria
Evento
NewsletterNovidades Cidacs