Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Dois projetos do Cidacs são contemplados em aliança internacional sobre Covid

Institucional em 29 de julho de 2021

O Cidacs teve dois projetos contemplados pela Fundação Bill & Melinda Gates, por meio da International COVID-19 Data Alliance (ICODA). Selecionados entre 400 propostas de 69 países, os projetos “Avaliação dos Efeitos das Desigualdades Sociais na Pandemia de Covid-19 em um país de média e baixa renda” e “Avaliação Rotineira de Infecções, Prevenção e Controle de Sars-Cov-2 em Populações Desiguais” receberão financiamento de US$ 100 mil junto a outros oito projetos contemplados pelo Grand Challenge do ICODA. Todas elas se dedicam às questões urgentes relacionadas à pandemia de Covid-19 e utilizam abordagens inovadoras da ciência de dados.

Os projetos contemplados estão voltados a tratar de aspectos críticos da pandemia como a efetividade dos programas de vacinação, o entendimento da transmissão da doença, o impacto em grupos populacionais em situação de vulnerabilidade social e os impactos na oferta de serviços de saúde. No Cidacs, as propostas aprovadas são lideradas pela vice-coordenadora do Cidacs, Maria Yury Ichihara, e pela pesquisadora Juliane Fonseca.

“Nosso projeto vai analisar as desigualdades sociais. Iremos criar um Índice de Desigualdade Social para Covid-19 (IDS-COVID-19)”, diz Maria Yury. O IDS-COVID-19 medirá as desigualdades em termos socioeconômicos, demográficos e de acesso aos cuidados de saúde. Um dos pilares da iniciativa é envolver grupos focais da comunidade durante os processos de construção do índice e na disseminação das atividades desenvolvidas. O projeto será desenvolvido como um desdobramento do Índice Brasileiro de Privação (IBP).

“As desigualdades sociais e econômicas influenciam a propagação de doenças”, explica Juliane. No seu projeto, ela desenvolverá métodos matemáticos e estatísticos para modelar a transmissão do Covid-19 entre as populações de 5.570 cidades no Brasil e, assim, oferecer informações para que gestores públicos, acadêmicos e a sociedade civil façam análises e tomem decisões sobre as intervenções mais eficazes. Os pesquisadores Pablo Ivan, Moreno Rodrigues e Nivea Bispo integrarão a equipe. Os resultados serão apresentados em uma plataforma de vigilância amigável que pode ser usada por governos locais e a comunidade para identificar os métodos de controle mais eficazes para sua região.

A Fiocruz ainda teve mais um projeto contemplado, entre os dez selecionados pela iniciativa.  “Os projetos selecionados, aproveitando dados e evidências de alta qualidade com o apoio do Icoda, têm o potencial de progresso inovador, soluções escaláveis para esses desafios e aceleração de impacto”, declara Steve Burnell, da Minderoo Foundation.

“O amplo escopo global e engajamento ajudarão a construir uma comunidade global de pesquisadores focada na saúde global e ciência de dados”, afirma Steve Kern, da Bill & Melinda Gates Foundation. Todos os trabalhos contemplados deverão apresentar os resultados das suas pesquisas em até 12 meses.

Para acompanhar os resumos de todos os projetos contemplados acesse www.icoda-research.org

 

Pesquisador(es): Maria Yury Ichihara, Juliane Fonseca.

NewsletterNovidades Cidacs