Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Cidacs é contemplado com financiamento para pesquisa em Atenção Primária

Vagas em 20 de novembro de 2020
Foto: Ponto Crítico

Quando um agente comunitário de saúde vai até a casa de uma pessoa e a encaminha para os serviços de saúde necessários, ou quando a comunidade tem acesso a um serviço de saúde nas Unidades Básicas de Básica, são usos da Atenção Primária em Saúde, “a porta de entrada” do Sistema Único de Saúde (SUS) que a ciência já mostrou ter baixo custo e efeitos reais na garantia de saúde da população.

Apostando nesse campo, o Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia) foi contemplado com um financiamento da Bill & Melinda Gates Foundation para pesquisa em Atenção Primária à Saúde voltada para Saúde Materno Infantil. São cerca de 2,5 milhões de dólares que ajudarão na produção de respostas à ciência e com esses achados é possível ter informações precisas, localizadas, para inspirar políticas públicas de saúde.

O objetivo da pesquisa é avaliar o impacto da Atenção Primária à Saúde na mortalidade em crianças menores de cinco anos no Brasil. A pesquisa que será desenvolvida no Cidacs utilizará utilizar os dados da avaliação externa do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), um inquérito nacional que fornece dados das unidades básicas de saúde, incluindo aspectos de sua estrutura física, insumos, e informações sobre os processos de trabalhos desenvolvidos pelas equipes de Atenção Primária que trabalham nessas unidades.

Um dos líderes da pesquisa, o epidemiologista Elzo Pereira Júnior, explica que a maior novidade do estudo é a possibilidade de fazer essas análises no nível individuado, a partir da integração (linkage) de diferentes bases de dados que o Cidacs tem acesso. “Com isso, vai ser possível explorar com mais detalhes quais as características da Atenção Primária que produzem impacto na mortalidade em crianças”, detalha Pereira Júnior, cuja tese de doutoramento foi sobre Atenção Primária, no Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA).

Financiamento

Este não é primeiro projeto que a Gates financia no Cidacs. A implantação do próprio centro foi possível devido ao financiamento realizado pela instituição para a Coorte de 100 Milhões de Brasileiros, uma plataforma que reúne diversos estudos voltados para a avaliação do impacto de políticas públicas sociais em desfechos de saúde.

O projeto atual foi apresentado em Seattle na sede da Gates, em 2019, pelo coordenador do Cidacs, Mauricio Barreto, e agora recebeu a resposta positiva. “Como é uma área prioritária da Gates eles decidiram investir no Cidacs”. Além disso, o grande volume de dados, a experiência em avaliação de impactos de políticas públicas e a qualificação dos profissionais foram diferenciais para obter o recurso.

Com o projeto, além de manutenção dos pesquisadores e contratação de novos, o Cidacs poderá ampliar sua infraestrutura. A Gates Foundation tem atuado em diversas frentes para a expansão de centros de dados em países do hemisfério Sul. A Gates tem iniciativas globais de financiamento em saúde em países de média e baixa renda. No Cidacs, esse incentivo irá inaugurar a avaliação de serviços e pode oferecer resultados práticos.

NewsletterNovidades Cidacs